Atendimento prioritário

Já grávida notava um certo desagrado sempre que usufruía do meu direito ao atendimento prioritário e com a bebé nada mudou. É inacreditável a falta de civismo das pessoas e se há quem seja cumpridor da lei e rapidamente se afaste para deixar passar, infelizmente não falta quem esteja desinformado ou simplesmente goste de reclamar e de mandar umas bocas!

Independentemente disso tudo eu não me acanho, faço sempre uso a não ser obviamente se estiver apenas uma pessoa à minha frente, também temos de ter bom senso.

Da minha experiência é nos supermercados onde surgem as maiores dificuldades, as caixas são muito estreitas e as filas são gigantes, nenhuma funcionária nos vê a não ser que estejamos aos saltos ou aos berros e isto serve para as filas reservadas ao atendimento prioritário, dá igual ao litro.

No continente não adianta sequer perguntar onde nos devemos dirigir, já estive várias vezes para escrever no livro de reclamações mas claro que nessa altura desfazem-se em desculpas.

No Lidl, passou-se uma situação curiosa que foi anunciarem que iam abrir uma caixa e eu dirigir-me para lá com a bebé no carrinho (de uma vez por todas se esclareça que a prioridade é para bebés DE COLO até dois anos e não ao colo). Esperei um pouco e a funcionária da caixa ao lado disse-me que afinal já não iam abrir, ao que retorqui para onde me devia dirigir e ao que ela me respondeu “pode vir para esta”. Tinha três pessoas à minha frente, ninguém se dignou a olhar para mim sequer e eu deixei-me estar porque quem tem de gerir a situação é a funcionária da caixa depois de ser informada que existe alguém na fila com prioridade. Quando chegou a minha vez de ser atendida disse-lhe o que era preciso fazer para  ser atendida com prioridade e ela responde-me tem de informar as pessoas! Respondi-lhe que a tinha informado e que nao me competia a mim pedir às pessoas na fila que cumpram a lei, mas que a avisava desde já que se informasse porque da próxima vez que lá fosse (e que vou com alguma frequência) e o episódio se repetisse eu não ia estar com conversas, ia sim pedir imediatamente o livro de reclamações. A senhora calou-se e fez cara de enfado mas a verdade é que desde então, concidência ou não, nunca mais tive problemas neste supermercado.

Para quem tiver dúvidas acerca da lei, ela é muito clara, podem ler aqui; infelizmente ,na grande maioria dos casos, as entidades responsáveis não a sabem fazer cumprir.

*AMG*

 

4 thoughts on “Atendimento prioritário

  1. Gosto de gente que reclama os seus direitos e eu não perdou um livro de reclamações sempre que necessário. Se nosso povo benevolente (?) agisse mais em vez de reclamar terias um pais mais cívico. Boa Andreia…Amei 😍

    Liked by 1 person

  2. Estou grávida de 7 meses e como até á pouco tempo andava “bem” nunca usufrui do direito á prioridade, até mesmo por já estar a imaginar a reação das pessoas….mas na semana passada fui ao continente (agora só tem uma fila que se divide pelas caixas fora) e tinha uma fila até ao fim do continente, estava tão aflita para fazer xixi que resolvi passar á frente, tinham que ver a cara do se que era o 1o da fila, até revirou os olhos :/ que gentinha!!e na amaço bar no outro dia ia sentar m ao balcão porque não tem mesmo mesas e tava tudo cheio, mal saiu uma pessoa, ia para me sentar e vem outro senhor lá de trás e diz que já lá estava, nem disse nada porque ia ser para me chatear….tem sido assim em quase tudo, é uma pena é uma vergonha, os espertalhoes ainda acham que são os que se safam e não é que safam mm?

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s