Versos para a minha filha

Nove meses na barriga,
carreguei-te orgulhosa
e por ver-te nas consultas
andava sempre ansiosa!

Eras um pontinho num ecrã,
tão depressa cresceste…
Quando soubemos o que eras
que alegria nos deste!

No forninho cozinhava
uma linda menina,
Benedita lhe chamamos,
Eras tu minha pequenina!

Não descansei enquanto não vi
a casa bem preparada,
tudo para receber-te
minha Filhinha amada.

Arrumei de fio a pavio
quartos, armários, dispensa.
A casa ficou um brio
a tempo da minha licença.

Chamam a essa obsessão,
a síndrome do ninho,
sossegar o coração
preparando a chegada de um filho.

Já não te carrego na barriga
mas és o meu maior feito.
Mudaste a minha vida,
meu Amor mais que perfeito!

 

*AMG*

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s